Projeto Maria de Belém

Propõe o “apadrinhamento” de crianças, ou seja, pessoas que se voluntariam a acompanhar de maneira incógnita, seus afilhados, auxiliando mensalmente com uma cesta de gêneros alimentícios, ou outros possíveis itens que os afilhados venham a necessitar.

As crianças são previamente cadastradas pelo projeto, que abrange a faixa etária de 0 a 06 anos de idade. Na sua maioria, elas encontram-se  em alto grau de vulnerabilidade social.

O projeto se propõe a oferecer aos padrinhos o acompanhamento do desenvolvimento das crianças.